terça-feira, 29 de abril de 2008

Meu encontro


Ao receber o convite não demonstrou vontade.
Não curtia muito aquele local, e com certeza iria se sentir deslocado.
Estava com os seus e isso era por demais reconfortante.
Os seus foram ao encontro de outros.
Todos congratulando-se, e ele a observar os movimentos alheios.
Todos a dançar e ele a observar.
Muitos o conheciam por sua fala fácil.
Mas poucos sabiam desse útil segredo.
Não estava só.
Precisava relaxar de tudo o que se passava.
Olhares desencontrados e tímidos o faziam se calar.
Todos levantaram pra curtir um pouco do local e do momento.
Precisava falar.
Pediu-lhe um.
Tudo começou ali.
Passado um mês do encontro veio o reencontro.
Começaram tímidos e calados.
Era por demais calada.
Gostava dessa forma.
Desde o início os olhares falavam por si só.
Aquelas viagens solitárias haviam acabado.
Ficavam a ver o tempo passar e a planejar coisas.
Sonhos.
Devaneios.
Ele se sentia bem.
Parecia irreal.
Ainda parece.
Não imaginava que alguém compreenderia seus devaneios facilmente.
Talvez porque compreendesse os dela da mesmo forma.
Dois loucos.
Era um momento de transição para ambos.
Juntos pelas circunstâncias.
Sente-se sortudo.
Não pensavam nos limites.
Estavam sempre juntos.
O silêncio tornara-se implícito.
Havia de lidar com as pessoas.
Suas brigas eram inocentes.
Assim como o coração de ambos.
Aprendia muito com ela.
Sente-se ligado a ela.
Sente saudade.
Sabe que não é a proximidade que os une.
E nem a distância que os separa.
Não se imagina a viver sem aquela graça.
Acompanhou as mudanças.
Sabia que havia mudado as relações.
Os locais e as pessoas.
O essencial não mudaria.
Sabe o quanto é especial estar junto.
Quando estão.
E estão.
Dois pontos distantes convergem em um vértice igualmente longe.
Havia de acontecer.
Ainda acontece.
Acontecerá sempre.

I'm Yours

Well, you done done
me and you bet I felt it
I tried to be chill
but your so hot that I melted
I fell right through the cracks,
and I'm tryin' to get back
before the cool done run out
I'll be givin it my best test
and nothin's gonna stop me
but divine intervention
I reckon it's again my turn
to win some or learn some

I won't hesitate
No more, no more
it cannot wait,
I'm yours!

Well open up your mind
and see like me
open up your plans
and damn you're free
look into your heart
and you'll find love love love
listen to the music of the moment
maybe sing with me
Ah, la peaceful melody
It's your God-forsaken right
to be loved, love, loved, love Love

So I won't hesitate
No more, no more,
it cannot wait
I'm sure.
There's no need to complicate
Our time is short
This is our fate,
I'm yours!

I've been spendin' way too long
checkin' my tongue in the mirror
and bendin' over backwards
just to try to see it clearer
my breath fogged up the glass
and so I drew a new face and laughed
I guess what I'm a sayin' is
there ain't no better reason
to rid yourself of vanity
and just go with the seasons
it's what we aim to do
our name is our virtue

I won't hesitate
No more, no more,
it cannot wait
I'm sure.

There's no need to complicate
(Well open up your mind and see like me)
Our time is short
(open up your plans and damn you're free)
it cannot wait, I'm yours!
(look into your heart and you'll find love love love)

No, I won't hesitate
(listen to the music of the moment come and dance with me)
no more, no more
(ah, la one big family)
it cannot wait, I'm sure.
(it's your god forsaken right to be loved, love, loved, love)

There's no need to complicate
(well, open up your mind and see like me)
Our time is short
(open up your plans and damn you're free)
this is our fate, I'm yours!
(look into your heart and you'll find love love love love)

no, please, don't complicate,
(listen to the music of the moment come and dance with me)
our time is short
(ah, la happy family)
this is our fate, I'm yours!
(it's our god forsaken right to be loved, love, loved, love)

no, please, don't hesitate
(listen to the music of the moment come and dance with me)
no more, no more
(ah, la peaceful melodies)
it cannot wait,
(it's you god forsaken right to be loved, love, loved, love)
the sky is yours!

2 comentários:

eueueu disse...

Adorei o texto.
Porém, já estou com ciumes dessa tal ai que vc deu tanta importância, viu?
Você é MEU marido. Tá ouvindo, MEEEEU! Hunf!

E por falar nisso, vc sabe a importância que tem pra mim... nosso silêncio diz tudo!
Bjo e Mtos Abraços pra vc!

Hérlon Fernandes Gomes disse...

As pessoas estão sempre atrás de cumplicidade, não é mesmo? E se entregam facilmente ao outro, e se tornam dependente facilmente, rapidamente... Depois são arrancadas e a dor é a mesma de se perder um membro, só que dói na alma... É do ser humano essa necessidade... Poético.

FEEDJIT Live Traffic Map

FEEDJIT Live Traffic Feed